Biopesca


Pesquisadores do IBP monitoram toninha em Santos (SP)

30/07/2021

O Instituto Biopesca continua monitorando uma toninha (Pontoporia blainvillei) que está em um trecho de mar na Ponte dos Práticos, na Ponta da Praia, em Santos (SP). Esse trabalho, realizado em rede e coordenado pelo Centro de Mamíferos Aquáticos do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (CMA/ICMBio), tem ainda participação da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/Campus Litoral Paulista (Unesp/CLP), do Instituto Gremar, do Projeto Toninhas/Univille e do Instituto Verde Azul (VIVA).

A toninha é a espécie de golfinho mais ameaçada do Brasil. O avistamento desse indivíduo, uma jovem fêmea aparentemente saudável, é um fenômeno raro. Dificilmente, observa-se essa espécie em seu ambiente, já que apresenta um comportamento discreto e tímido. Além disso, ela tem sido avistada sozinha, fato incomum porque as toninhas vivem em grupos. Esses fatores se somam ao local onde permanece, muito movimentado em função de atividades portuárias e náuticas, demandando atenção e cuidados.

O monitoramento começou no dia 26 de julho e é realizado à distância, consistindo na observação do animal. O objetivo é colher o maior número possível de informações do seu comportamento e da sua biologia, bem como investigar os motivos da sua presença na área. Esses dados colaborarão com estudos voltados à sua proteção.

As toninhas diferem de outros golfinhos em alguns aspectos. Por exemplo, vivem em águas costeiras e rasas, com profundidade de até 30 metros, e não migram, enquanto outros golfinhos ocorrem em alto-mar e fazem longas viagens.

Nossos agradecimentos à Praticagem de São Paulo, que tem dado o apoio necessário à operação.

O canal do Instituto Biopesca, no Youtube, apresenta um episódio a respeito da toninha, com informações da sua biologia, entre outras. Para acessar, clique na imagem abaixo.

Crédito da foto do destaque: Pryscilla Maracini/Instituto Biopesca

Navegação de postagens

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *