Biopesca


Esqueleto de toninha é montado no Biopesca

26/02/2019

O estudante de medicina veterinária Luiz Carlos, estagiário do Biopesca, fez a montagem osteológica (do esqueleto) de uma toninha (Pontoporia blainvillei), espécie pequena de golfinho criticamente ameaçada de extinção, encontrada sem vida no começo de 2019 durante execução do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). Veja como ficou no vídeo!

Esqueletos, assim como outros materiais biológicos, são ótimas ferramentas para compartilhar informações sobre a biologia dos animais e despertar interesse nas pessoas sobre as questões ambientais. O montado pelo Luiz será utilizado em ações de educação ambiental do Biopesca.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. Para acionar o serviço de resgate de golfinhos, tartarugas e aves marinhas, entre em contato pelos telefones (13) 99601-2570 (chamada a cobrar ou pelo WhatsApp) ou 0800 642 3341 (horário comercial).

A toninha (Pontoporia blainvillei) foi recolhida no começo de 2019

É a segunda vez que estudante de medicina veterinária Luiz Carlos faz estágio no Biopesca

 

Navegação de postagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *