Biopesca


Capacitação para Defesa Civil de Peruíbe enfoca fauna marinha

02/04/2018

O Instituto Biopesca realizou uma capacitação sobre o tema “Biologia, contenção e manejo de fauna marinha” para 20 integrantes da Secretaria Municipal de Defesa Civil da Prefeitura de Peruíbe, a maior parte deles agentes da Guarda Civil Municipal (GCM). Dividida em uma parte teórica e outra prática, a capacitação, realizada no dia 28 de março, teve como principal objetivo apresentar as espécies marinhas de animais que ocorrem nas praias locais e os procedimentos básicos de manejo que devem ser executados caso o animal esteja debilitado ou mesmo já sem vida.

A Prefeitura de Peruíbe é um dos órgãos parceiros do Biopesca e, entre as ações realizadas conjuntamente, estão as de educação ambiental. Em espaço localizado no Departamento de Agricultura e Meio Ambiente, o Biopesca mantém material informativo e biológico em exposição permanente. O local, aberto à visitação, fica na avenida Dr. Mario Covas Jr., 204, e funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 17h.

O Biopesca é uma das doze entidades que executam PMP-BS, desenvolvido para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos. Seu objetivo é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Ao encontrar golfinhos, aves e tartarugas marinhos vivos ou mortos nas praias, a população pode acionar a organização pelos telefones (13) 99601-2570 (chamada a cobrar ou pelo WhatsApp) ou 0800 642 3341 (horário comercial).

Cerca de 20 integrantes da Secretaria Municipal de Defesa Civil de Peruíbe foram capacitados no último dia 28

Navegação de postagens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *