Biopesca


“Riscos à fauna” é tema de capacitação

A capacitação contínua para manter o bom desempenho em campo é uma preocupação constante do Biopesca, que conta com a ajuda de parceiros reconhecidos pela sua expertise para atender esse objetivo. Entre eles, está a Aiuká Consultoria em Soluções Ambientais, que teve a bióloga Carolina Galvão, do setor de Projetos, realizando uma capacitação para a equipe da organização sobre “Avaliação e monitoramento dos riscos à fauna após derramamento de óleo”  na última quarta-feira (27).

Esse é um tema relacionado ao trabalho diário dos monitores e técnicos de campo do Biopesca que executam o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), desenvolvido para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos. Além do Biopesca, outras 10 instituições executam o PMP-BS, cujo objetivo é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Para acionar o serviço de resgate de golfinhos, tartarugas e aves marinhas, entre em contato pelos telefones (13) 99601-2570 (chamada a cobrar ou pelo WhatsApp) ou 0800 642 3341 (horário comercial).

Navegação de postagens

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *